Youtube: 3 truques que ninguém te conta!
Tecnologia: o lado bom, que ninguém vê
3 lugares para conhecer no estado de SP
estudos-profissoes category image Estudos e profissões
Profissão de Blogueiro #11 – Administração (parte 2)
28 de fevereiro de 2015

Oi pessoal!

Hoje tem post, hoje eu to feliz, hoje vamos com a tag Profissão de Blogueiro! Uma coletânea de posts com o intuito de ajudar aquele que está na fase da busca do vestibular e de uma profissão, aqui blogueiros convidados falam sobre sua experiência na faculdade, do mercado de trabalho em que atual e se o curso é realmente aquele conto de fadas que a gente espera – ou não hahaha.

E continuamos com a segunda parte do post sobre Administração, com a visão da lindíssima Laís Zampieri, que bloga no LaisZampieri.com! <3

Nome: Laís Zampieri
Profissão/Curso: Administração, na Unicamp.
Blog: LaisZampieri.com.

Oi! Eu sou a Lais, do blog Lais Zampieri, e curso Administração na Unicamp. Entrei na faculdade no ano passado, depois de ter trocado a opção de Medicina por Adm. Eu sei, são duas áreas totalmente diferentes, mas eu percebi que a vida de médico não era pra mim, mas a de CEO sim (aloka). Um dos motivos pelo qual escolhi esse curso é a diversidade; eu posso trabalhar com praticamente qualquer coisa que envolva uma empresa. Sou uma pessoa bem indecisa, então, para mim, é um curso ótimo. Ainda não trabalho (pretendo começar ano que vem), mas minha área de escolha será finanças ou marketing. E assim: uma é a escolha racional, e a outra, emocional. Eu explico: finanças é uma das áreas de ADM que mais cresce, que sempre precisam de profissionais e onde você terá maiores chances de se desenvolver; já o marketing é o que mais me interessa, por ser uma área dinâmica. Além disso, também faço (na faculdade mesmo) um certificado de estudos em Comércio Internacional; ou seja, também posso trabalhar com isso. Não é um curso fácil (pelo menos não na minha faculdade) e também não amo a grade curricular. Tenho matérias que julgo desnecessárias, mas também posso optar por várias outras que podem ser muito interessantes. É algo que gosto por lá: você faz sua grade. Você pode escolher dentre várias matérias optativas, que irão agregar na sua vida e no seu currículo.

profissão de blogueiro -adm

Tudo lindo, tudo ótimo. Mas o que isso tem a ver com o blog? Tenho 19 anos, e tenho blog mais ou menos desde uns 11 anos, na época que os blogs ainda eram (em sua maioria) um diário digital, e não uma fonte de informação. Nunca me fixei em nenhum, mas sempre adorei escrever. Me expresso melhor assim. Nunca tive disciplina pra realmente seguir com um, parei com eles por alguns anos, e recentemente voltei. Administração é justamente o que o nome diz: administrar. Querendo ou não, o curso não me ajuda somente a entrar no mercado de trabalho; também me ajuda na minha vida real. A faculdade já me ensinou a pensar diferente, mais comercialmente. Hoje não vejo meu blog apenas como um lugar para escrever: vejo como uma (mini-micro-tico) empresa, que tem seus gastos, seus investimentos, suas despesas. E isso me ajuda a me empenhar mais, a querer mais, a tentar mais. O meu objetivo com o blog não é o lucro, é minha própria satisfação e um lugar para me expressar sobre o que eu quiser, mas vê-lo como uma empresa ajuda a me organizar melhor.

Assim, o curso em si não tem diretamente a ver com o blog, ou qualquer mídia social. O curso me serve como uma primeira/segunda profissão. Faculdade é algo extremamente importante, algo de que eu nunca abriria mão. Sem estudo (conhecimento), você não chega a lugar algum. Sei que existem muitas blogueiras por aí que nem tem faculdade, mas pense: e se, um dia, o blog deixa de dar certo? O que será delas? Elas não têm uma segunda opção, um plano B, um certificado que dirá que ela é apta para trabalhar em uma empresa (por mais que elas sejam, pro mercado isso não conta). Claro que elas não são, de forma alguma, menos inteligentes ou inferiores a quem tem faculdade (assim como quem tem faculdade não é superior a ninguém); o futuro é algo incerto, e é sempre bom ter uma segunda opção. Mesmo que você não vá trabalhar para sempre na área do seu curso, nada paga conhecimento. E, por pior que seja a faculdade, você com certeza levará algo dela para sua vida, algum tipo de conhecimento, seja profissional ou não. Não esquece que quem faz a faculdade é você. Não é quem nem a escola, onde os professores te dão tudo mastigado e simples. Você pode fazer o curso apenas com o material mínimo, ou pode se empenhar e correr atrás de mais informações. Isso fará muita diferença não só nas suas notas, mas no seu aprendizado. Não adianta entrar em uma faculdade ótima, super reconhecida e não aproveitar.

E o clichê de sempre: faça um curso com o qual você se identifique. Não faça pelos outros, porque não são os outros que ficarão 4 anos estudando algo que não gostam. Faça o que você tem vontade. Não vale a pena começar um curso por influência de outros e depois se arrepender, ou largar e ter que passar pelo maravilhoso (só que não) processo de vestibular. Não importa se seu curso terá a ver com o blog ou não, isso não faz diferença. Quer algo a ver com o blog? Procure por mídias sociais, publicidade, jornalismo, design gráfico. Mas faça sim uma faculdade. Conhecimento nunca é demais.

Lais Zampieri – laiszampieri.com

Eu acho que adm pode ajudar muito as blogueiras, no sentido de, quando o blog cresce. você precisa saber gerencia-lo como uma empresa 😉 Mas, assim com a Laís disse, se você quer algo que vá ser 100% pra ajudar no seu blog, procure mídias sociais ou algo do tipo hahaha Não se esqueçam do que ela disse: quem faz faculdade é você, portanto faça algo que você goste!

Visitem o blog da Laís e qualquer dúvida é só deixar aqui em baixo nos comentários!

Share

Post por: K-Chan Nhayök




1 Comentário em “Profissão de Blogueiro #11 – Administração (parte 2)”


Leonardo Chaves 28-03-2015

Pois é. As coisas estão ficando mais sérias na blogosfera. Muita gente quer se profissionalizar e tá de olho num nicho, hum público – alvo que consome esse tipo de informação. É interessante tb ter em quantidade, eu penso. Se tiver muita gente, talvez que haja uma espécie de “seleção”. Quem realmente souber lidar com os desafios do ofício, continua, quem não, aquele(a) que tiver nessa só pelo fascínio, termina cedendo e saindo fora. É importante a consolidação de conhecimentos, código de ética e o conhecimento, pelo menos básico de legislações e demais regras que regem a produção de conteúdo na Web. Assim, podemos ter o blog cada vez mais como uma fonte alternativa de informação e conhecimento.

| Responder

Comentar






*Para que sua foto apareça aqui é necessário que você tenha uma conta no Gravatar.
*Sem spam e sem xingamentos nos comentários.