Youtube: 3 truques que ninguém te conta!
Tecnologia: o lado bom, que ninguém vê
3 lugares para conhecer no estado de SP
intercambio-viagens category image Intercâmbio e Viagens
10 coisas que você vai aprender no intercâmbio
4 de julho de 2015

Oi pessoal, tudo bem? E aí, viram só o novo visual do bloguxo? <3 Tô IN LOVE demaaaais! \o/ Queria agradecer muuuito a Keyko, que fez tudinho pra mim, com muita paciência e carinho! Ficou do jeitinho que eu queria! (Keyko, desculpa as encheções de saco… Você é DEMAIS!)
E, por isso, trouxe um post super especial, sobre o assunto que eu sei que vocês mais gostam: intercâmbio! Afinal, quem já fez quer de novo, quem nunca fez, sonha em fazer e quem tá pra fazer não tem outro assunto melhor, né? Haha Espero que gostem, trouxe pra vocês 10 coisas que você nem imagina que vai aprender no intercâmbio! Vamos lá?

1. Balada é legal sim!


E é também o melhor lugar pra você conhecer pessoas em um intercâmbio, mesmo com toda a barulheira… Você vai descobrir que música brasileira toca no mundo inteiro e, provavelmente, se não gosta de sertanejo, vai passar a gostar, porque toda vez que ouvir vai sentir aquele gostinho de casa e se sentir mais perto de quem te faz sentir saudade.

2. Não dá pra blogar lá fora


Desculpe jogar essa verdade na sua cara, mas não, não dá pra blogar durante o intercâmbio. Provavelmente se você já tem um blog, você vai viajar com mil planos e projetos de posts, se você não tiver um blog, vai querer fazer um, pra registrar cada segundo dessa maravilhosa aventura. Mas as chances disso tudo dar certo são mínimas…
Você vai estar tão ocupado com tudo que tem pra fazer, com os estudos, os novos amigos, os novos costumes, as viagens, enfim… Tudo. Então, gerenciar o tempo e cuidar de um blog vai ser beeem difícil, amiguinho.

3. TUDO é “comível”


Provavelmente seus hábitos alimentares irão mudar – e muito! -, quanto mais exótico o país de destino, mais você precisará adequar seu paladar. Comida brasileira é luxo fora do Brasil e é cara. Se você tem uma dieta restritiva acabará tendo que gastar uma boa quantia para mantê-la, abrir mão de algumas coisas e/ou adaptar outras. Se você já é do tipo que come de tudo, vai aprender a fazer as maiores gororobas pra matar a fome sem gastar muito e poder viajar mais!
Áh! E se você não sabe cozinhar, vai aprender, pode apostar.

4. Amigos se tornam família


Quando aceitamos o desafio de partir para outro país e deixar a família para trás, a amizade se torna nosso vínculo mais forte. Você vai conhecer a pessoa hoje e, em duas horas de papo, já vão saber mais um sobre o outro do que você soube a vida inteira sobre seu melhor amigo. Vocês vão precisar um do outro, vão dormir um na casa do outro, vão viajar junto e vão parecer inseparáveis. A despedida vai doer, vai parecer pior do que a despedida dos seus pais no aeroporto – porque seus pais você sabia que iriam estar ali no fim do intercâmbio, o amigo novo não -. E, provavelmente, você também vai se apaixonar mais fácil, se entregar mais fácil, tudo vai ser mais intenso e mais rápido do que era no seu país e isso tá ok, porque é assim mesmo que as coisas são quando estamos em um intercâmbio: intensas e rápidas.

5. Não há espaço para preconceitos


Religião? Raça? Credos? Idiomas? Orientação sexual? Nada disso importa. É quando estamos longe de nossa “bolha” que conseguimos enxergar melhor as pessoas e percebemos que são todas pessoas e é a diferença que elas carregam em si que vão acrescentar -e muito!- em nossas vidas. Quanto mais diferente melhor, as novas experiências vão te tornar uma pessoa melhor e te desprender de amarras e pré-conceitos que você talvez carregue, mesmo que inconscientemente!

6. Viajar sozinho é tudo de bom!


Sim, você vai fazer grandes amigos, como eu disse no item 4, mas essa amizade vai ser tão intensa, que você vai ter que tomar muito cuidado, porque qualquer briguinha vai ser intensa também e pode acabar com essa amizade. Então, por isso mesmo, você vai descobrir que viajar sozinho é tudo de bom! Afinal de contas: viajar é cansativo, cheio de coisas que podem dar errado e estresse, então, antes só do que mal acompanhado, saindo de viagem em pequenos grupos ou sozinho vai ser muuuito mais fácil curtir os momentos e deixar a viagem mais gostosa.

7. Você vai virar o mestre das selfies


Sua mãe vai falar “áh, mas eu não quero ver foto de paisagem, quero ver fotos suas!” e você, como um bom filho, vai descobrir seu melhor ângulo e caprichar nas selfies pra mamãe- e pode apostar que depois de uns anos você também só vai querer ver essas fotos, as fotos de paisagem a gente acha no Google

8. Seu mundo cabe numa mochila


Principalmente se você for pra Europa e viajar de Ryanair, vai precisar aprender a compactar seu guarda-roupa e tudo mais o que você precisar numa mochilinha de 10 quilos! E, mesmo se for viajar com companhias aéreas que suportam mais peso, vai ver que quanto menos melhor e que praticidade é tudo. Afinal de contas, no intercâmbio temos que aproveitar os momentos e não as coisas! Então, meu amigo, se você for do tipo que tem dificuldades em desapegar já comece exercitando esse seu lado e lembre-se: não encha sua mala na ida, porque na volta você terá o dobro para trazer.

9. Seu guarda-roupa não combina com o intercâmbio


Esqueça os vestidos, os saltos, os acessórios, os itens da moda. Tudo o que você precisa é de camiseta, jeans, um bom tênis ou bota confortável e um casaco quente – e algumas trocas de roupa de baixo, claro! -. Fora do Brasil, roupa é uma coisa muito barata, mas compensa mais você comprar as roupas para usar quando voltar e lá só usar os itens básicos mesmo, por mais que você queria ir a festas em outros países, o espaço que um sapato chique ocupa na mala é muito precioso.

10. Você é capaz de se comunicar em qualquer língua


Gestos, palavras soltas, apontar em mapas, tudo vale na hora de se comunicar e, relaxa, não fique com medo de ir á França sem falar francês, ou á Polônia, sem falar polonês, a gente sempre arruma um jeitinho de se comunicar e você não vai passar fome nem ficar perdido. Mas é claro, é preciso cuidado porque gente mal intencionada existe no mundo inteiro. Então busque informações com pessoas confiáveis: funcionários do metrô, policiais e pessoas que trabalhem com turismo.

E você? O que aprendeu com o seu intercâmbio? Ou o que espera aprender quando fizer um? 😀

Share

Post por: K-Chan Nhayök




2 Comentários em “10 coisas que você vai aprender no intercâmbio”


Keyko 04-07-2015

\o/ Eu adorei o resultado! Você não encheu não! xD Foi muito bom trabalhar com vc, Aime. ^_^ Sempre quis fazer um intercâmbio, até o momento ainda não pude ir. A questão da alimentação é algo que sempre pensei, a comida muda muito de acordo com o local e eu tbm iria querer blogar xD
Sucesso com o blog! o/

| Responder
K-Chan Nhayök 05-07-2015

Eu que AMEI o layout, nao paro de olhar pra ele! <3 to apaixonaaada!

Pois eh, eu tb fui querendo blogar mtooo, mas nao deu HAUHAUAHUAHUAHAUH e quanto a comida, bom, eu como de tudo, entao pra mim nao foi problema, mas tenho amigos que passaram aperto... principalmente os veganos :/

| Responder

Comentar






*Para que sua foto apareça aqui é necessário que você tenha uma conta no Gravatar.
*Sem spam e sem xingamentos nos comentários.