Youtube: 3 truques que ninguém te conta!
Tecnologia: o lado bom, que ninguém vê
3 lugares para conhecer no estado de SP
estudos-profissoes category image Estudos e profissões
Profissão de Blogueiro #11 – Administração (parte 2)
28 de fevereiro de 2015

Oi pessoal!

Hoje tem post, hoje eu to feliz, hoje vamos com a tag Profissão de Blogueiro! Uma coletânea de posts com o intuito de ajudar aquele que está na fase da busca do vestibular e de uma profissão, aqui blogueiros convidados falam sobre sua experiência na faculdade, do mercado de trabalho em que atual e se o curso é realmente aquele conto de fadas que a gente espera – ou não hahaha.

E continuamos com a segunda parte do post sobre Administração, com a visão da lindíssima Laís Zampieri, que bloga no LaisZampieri.com! <3

Nome: Laís Zampieri
Profissão/Curso: Administração, na Unicamp.
Blog: LaisZampieri.com.

Oi! Eu sou a Lais, do blog Lais Zampieri, e curso Administração na Unicamp. Entrei na faculdade no ano passado, depois de ter trocado a opção de Medicina por Adm. Eu sei, são duas áreas totalmente diferentes, mas eu percebi que a vida de médico não era pra mim, mas a de CEO sim (aloka). Um dos motivos pelo qual escolhi esse curso é a diversidade; eu posso trabalhar com praticamente qualquer coisa que envolva uma empresa. Sou uma pessoa bem indecisa, então, para mim, é um curso ótimo. Ainda não trabalho (pretendo começar ano que vem), mas minha área de escolha será finanças ou marketing. E assim: uma é a escolha racional, e a outra, emocional. Eu explico: finanças é uma das áreas de ADM que mais cresce, que sempre precisam de profissionais e onde você terá maiores chances de se desenvolver; já o marketing é o que mais me interessa, por ser uma área dinâmica. Além disso, também faço (na faculdade mesmo) um certificado de estudos em Comércio Internacional; ou seja, também posso trabalhar com isso. Não é um curso fácil (pelo menos não na minha faculdade) e também não amo a grade curricular. Tenho matérias que julgo desnecessárias, mas também posso optar por várias outras que podem ser muito interessantes. É algo que gosto por lá: você faz sua grade. Você pode escolher dentre várias matérias optativas, que irão agregar na sua vida e no seu currículo.

profissão de blogueiro -adm

Tudo lindo, tudo ótimo. Mas o que isso tem a ver com o blog? Tenho 19 anos, e tenho blog mais ou menos desde uns 11 anos, na época que os blogs ainda eram (em sua maioria) um diário digital, e não uma fonte de informação. Nunca me fixei em nenhum, mas sempre adorei escrever. Me expresso melhor assim. Nunca tive disciplina pra realmente seguir com um, parei com eles por alguns anos, e recentemente voltei. Administração é justamente o que o nome diz: administrar. Querendo ou não, o curso não me ajuda somente a entrar no mercado de trabalho; também me ajuda na minha vida real. A faculdade já me ensinou a pensar diferente, mais comercialmente. Hoje não vejo meu blog apenas como um lugar para escrever: vejo como uma (mini-micro-tico) empresa, que tem seus gastos, seus investimentos, suas despesas. E isso me ajuda a me empenhar mais, a querer mais, a tentar mais. O meu objetivo com o blog não é o lucro, é minha própria satisfação e um lugar para me expressar sobre o que eu quiser, mas vê-lo como uma empresa ajuda a me organizar melhor.

Assim, o curso em si não tem diretamente a ver com o blog, ou qualquer mídia social. O curso me serve como uma primeira/segunda profissão. Faculdade é algo extremamente importante, algo de que eu nunca abriria mão. Sem estudo (conhecimento), você não chega a lugar algum. Sei que existem muitas blogueiras por aí que nem tem faculdade, mas pense: e se, um dia, o blog deixa de dar certo? O que será delas? Elas não têm uma segunda opção, um plano B, um certificado que dirá que ela é apta para trabalhar em uma empresa (por mais que elas sejam, pro mercado isso não conta). Claro que elas não são, de forma alguma, menos inteligentes ou inferiores a quem tem faculdade (assim como quem tem faculdade não é superior a ninguém); o futuro é algo incerto, e é sempre bom ter uma segunda opção. Mesmo que você não vá trabalhar para sempre na área do seu curso, nada paga conhecimento. E, por pior que seja a faculdade, você com certeza levará algo dela para sua vida, algum tipo de conhecimento, seja profissional ou não. Não esquece que quem faz a faculdade é você. Não é quem nem a escola, onde os professores te dão tudo mastigado e simples. Você pode fazer o curso apenas com o material mínimo, ou pode se empenhar e correr atrás de mais informações. Isso fará muita diferença não só nas suas notas, mas no seu aprendizado. Não adianta entrar em uma faculdade ótima, super reconhecida e não aproveitar.

E o clichê de sempre: faça um curso com o qual você se identifique. Não faça pelos outros, porque não são os outros que ficarão 4 anos estudando algo que não gostam. Faça o que você tem vontade. Não vale a pena começar um curso por influência de outros e depois se arrepender, ou largar e ter que passar pelo maravilhoso (só que não) processo de vestibular. Não importa se seu curso terá a ver com o blog ou não, isso não faz diferença. Quer algo a ver com o blog? Procure por mídias sociais, publicidade, jornalismo, design gráfico. Mas faça sim uma faculdade. Conhecimento nunca é demais.

Lais Zampieri – laiszampieri.com

Eu acho que adm pode ajudar muito as blogueiras, no sentido de, quando o blog cresce. você precisa saber gerencia-lo como uma empresa 😉 Mas, assim com a Laís disse, se você quer algo que vá ser 100% pra ajudar no seu blog, procure mídias sociais ou algo do tipo hahaha Não se esqueçam do que ela disse: quem faz faculdade é você, portanto faça algo que você goste!

Visitem o blog da Laís e qualquer dúvida é só deixar aqui em baixo nos comentários!

Share

Post por: K-Chan Nhayök


intercambio-viagens category image Intercâmbio e Viagens
5 sites para planejar sua viagem pela Europa
27 de fevereiro de 2015

Oi galera tudo bom?
Quem aí gosta de bater perna? Viajar é uma paixão que eu sei que compartilho com muuuuita gente… Embora também saiba que há quem odeie viajar… Mas, fazer o que, gosto é gosto né hahahaha Pra quem não sabe eu já morei dois anos em Portugal, ainda não falei muuuuuito sobre isso aqui no blog, pretendo falar mais, é que lá eu aproveitei tudo ao máximo e não sobrava tempo pra postar… Foi mal :/ Mas tem uma página aqui onde eu coloco todos os posts sobre intercâmbio e viagens internacionais que vão saindo no blog! \o/

O post de hoje é um post de dicas, mais voltado pra quem quer ir pra Europa, ou já está em algum país europeu e tá afim de bater perna um pouquinho! Trago pra vocês 5 sites que me ajudaram e com certeza vão ajudar muito quem quer viajar gastando pouco e aproveitando muito a experiência cultural que é estar em outro país! 😀 Vamos lá?

01

  • Ryanair, pra viajar precisamos primeiro saber pra onde vamos, certo? E que tal comprar passagens gastando o mínimo possível? A Ryanair é uma empresa aérea lowcost (e o que isso significa?), isso significa que você viaja, pagando menos. Mas claro que pra isso você tem algumas restrições: não pode levar nem trazer nada além de uma mochila com exatamente 10kg! Esqueça a mala de mão, a câmera pendurada no pescoço, esqueça a bolsa de make! TUDO o que você tiver tem que caber em uma mochila de 10kgs e com as medidas impostas pela empresa. Se ultrapassar o peso ou o tamanho, seja na ida ou na volta, você é barrado e precisa parar uma taxa salgadinha… Por isso é bom pesar bem a mochila antes de viajar e ir com menos de 10kg pra poder voltar com lembrancinhas! (Se quiser/precisar levar mais coisas você pode pagar taxas e ir adicionando o que precisar, mas, ao meu ver, não compensa… Tira todo o lowcost da coisa hahaha) Na Ryanair você também não pode cancelar, mudar seus dados ou mudar a data do voo sem pagar uma taxa salgadíssima, por isso TODO CUIDADO É POUCO na hora de comprar a passagem! Fique atento e tenha certeza que preencheu tudinho corretamente antes de concluir a compra!

02

  • Interrail, se você for uma pessoa mais “pé no chão” (no sentido literal hahahaha) e gosta de apreciar a vista enquanto viaja, você pode ir de trem! Não tem limite de peso na mala, você pode pegar o trem noturno e economizar com hospedagem e tem tickets que valem pra viagens de uma semana até um mês por todos os países da Europa! Mas CUIDADO! Se informe BEM sobre a validade do seu ticket pra cada país e se é necessário reservar seu lugar antes – alguns países precisam, outros não.

03

  • Hostel Bookers, se você quer se hospedar gastando pouco, o negócio é procurar um hostel, existem vários, do mais furreba sem café da manhã, até aqueles que parecem hotel mesmo! Uns tem quatro individual, outros tem quartos apenas pra mulheres/apenas pra homens, mas tecnicamente você só tem direito a uma cama e malemá um armarinho com cadeado pra por suas coisas (aliás cadeado é um item essencial pra levar na mala!), você divide banheiro e divide o quarto com estranhos. Parece perigoso, mas costuma ser bem tranquilo, é só procurar um hostel com boa avaliação e que fique o mais no centro da cidade possível! Fiquei em hostel em praticamente todas as minhas viagens pela Europa e amei! A ideia do hostel é te fornecer um lugar quentinho e “confortável” pra dormir e tomar banho, porque quem tá na Europa quer curtir a cidade e não ficar trancafiado num hotel né?!

04

  • Couch Surfing, se você gosta de se arriscar mais um pouquinho e mergulhar na cultura do país a sua praia é Couch Surfing, como o nome diz a ideia é: pessoas que morem no seu país destino te emprestando um “sofá” pra dormir. Você se cadastra, cadastra seu destino e data de viagem e as pessoas podem te oferecer hospedagem em suas casas (grátis ou por um custo bem pequeno) Eu fiquei em Couch Surfing no Chipre e na Itália, ia ficar na Grécia, mas o menino que tinha oferecido simplesmente SUMIU do mapa. Minha dica é: tenha sempre um plano b (endereço de hostel, reserva reembolsável), pra não acontecer de você chegar lá e a pessoa não ser o que você esperava e você não ter pra onde ir. Também pesquise bem quem está te oferecendo couch, stalkeie a pessoa e veja o que falam dela lá no site!

05

  • Mochilão Trips, esse site é de dicas e depoimentos de gente que viaja ou mora fora do Brasil, vale muito a pena conferir as dicas deles, tanto as de planejamento de viagem como dar uma olhadinha em como é a cultura do lugar pra onde você está indo, pra não cometer nenhuma gafe hahaha

E aí, gostaram das dicas? Já conheciam esses sites? Já viajaram pela Europa? Pra onde? Ou então, pra onde gostariam de ir?
Com esses sites você pode também ter ideia de quanto vai gastar viajando, no próximo post sobre viagens trarei algo mais concreto sobre o quanto se gasta em viagens pela Europa 😉

Share

Post por: K-Chan Nhayök


cultura-pop category image Cultura pop
Parceria com a autora – Raquel Machado
26 de fevereiro de 2015

Oi pessoal, tudo bem?
E aí, o que acharam do novo layout laranja da cor do verão? E do menu aqui em baixo? Bom? Mais ou menos? Volta pro antigo pelamor de Deus? :p
Não é responsivo ainda, mas calma que um dia eu chego lá! hahahahaha

Hoje eu trouxe uma notícia muito legal! Temos uma parceria com a autora Raquel Machado, que lançou o livro Vingança Mortal! *-*

A Raquel é gaúcha, lá de Caxias do Sul e é formada em Ciências da Computação, mas decidiu deixar as ideias saírem um pouquinho da caixola e mostra-las para o mundo! Tá na blogosfera há um bom tempo e agora trouxe pra gente o livro Vingança Mortal – e vai ter resenha aqui no Klaryan.com!

Olha a sinopse pra ficar com gostinho de quero mais!

vingança mortalVingança Mortal:

“Ao receber uma ligação sobre a morte de sua melhor amiga, Brenda volta a sua cidade natal, Lageado Grande. Lá ela vai ao velório de Nicole, onde encontra seu rosto marcado por facas. Uma dúvida surge: será que realmente foi um acidente como todos falam?

Ao voltar para casa algumas pistas aparecem, e Brenda fica obstinada a investigar a morte de Nicole. Ela decide então voltar as suas raízes. Porém, o tempo parece ter mudado muitas coisas, inclusive as pessoas que ela imaginava conhecer.

Envolvida em uma rede de intrigas, dinheiro, drogas e traição, ela se vê prestes a montar um quebra-cabeça, onde cada peça parece se encaixar com extrema exatidão. E a solução para esse mistério, pode revelar um segredo escondido há muito tempo.”

A Raquel já fez parceria com muuuita gente e muitos autores e só pela sinopse do livro eu já fiquei morrendo de curiosidade, não posso deixar de dizer o quanto me senti honrada quando recebi um e-mail dela sugerindo uma parceria! <3

Amo conhecer autores brasileiros novos, a gente costuma achar que só tem coisa boa lá fora, mas isso é mentira! Tem muuuita coisa boa sendo produzida aqui na terra do verde e amarelo sim! O livro da Raquel é uma prova disso!

Dá pra adquirir o livro direto com a autora por apenas R$25 (você leva o livro autografado + marcador e o frete tá incluso!), ou nos sites abaixo:

Versão impressa:

Versão Digital

vingança mortal
Curiosos? Aguardem os próximos posts! :p

Share

Post por: K-Chan Nhayök