Youtube: 3 truques que ninguém te conta!

Oi pessoal! Hoje eu trouxe um post curtinho, porém valiosíssimo, com 3 truques super úteis do Youtube que eu demorei para aprender, mas agora que sei uso o tempo todos! 😀 Espero que gostem, afinal de contas, a internet está cheia dos segredinhos escondidos!
YouTube

1. Música no repeat

No endereço do vídeo, antes da palavra “youtube”, coloque a palavra “repeat“, isso mesmo, o link vai ficar “www.repeatyoutube.com/blablabla”, você vai ser redirecionado para uma página que colocará seu vídeo em modo repeat e poderá ouvi-lo incansavelmente por horas a fio! ♥
repeat youtube

Transforme o vídeo em gif

A mesma coisa, mas ao invés de repeat, você irá escrever “gif” na url do seu vídeo e será redirecionado a uma página que te permitirá transformar em gif e eternizar automaticamente seu momento favorito do vídeo!

Baixe um vídeo do Youtube

Para baixar um vídeo do Youtube, você não precisa de plugins, sites estranhos ou programas cheios de vírus, basta digitar “pwn” antes de youtube, no link do vídeo e voilá 😀
pwn-youtube
PS: Não funciona par alguns vídeos da VEVO 🙁

Ah e claro, não esqueça de digitar ““Use the force Luke“, ou “Do the Harlem Shake” na barra de buscas do site, para ter uma surpresa bem legal! E você? Conhece mais algum truque pra usar no Youtube? Divide aqui comigo! ♥

Share
Post por:

7 respostas

  1. Mas Kla! Como assim digitar “pwn” antes de youtube? Não entendi :/
    Vou testar esse do repeat, nunca tinha ouvido falar, kkkk
    Adorei o post!
    Bjoooos o/

  2. Oi Aime! Que legal que vc ainda tem um blog! Gente, fiquei muito feliz em saber disso. Deu até um calorzinho na barriga e saudade dessa época de blogueira!
    Grande bjooooo
    Kateline

  3. 5 anos se passaram.
    Até ano passado eu ficava imaginando como seria ter você aqui comigo. Como seria ter uma criança de 5 anos comigo, por exemplo. Você correndo e me deixando de cabelo em pé…
    Mas ultimamente eu não tenho mais pensado nisso. Não que eu não pense em você, claro que penso, penso em você cada segundo da minha vida… Mas não penso em você correndo pela casa, brincando ou me chamando de mamãe. Simplesmente porque eu cansei de passar a impressão que me arrependo do que fiz. Eu sei que a minha escolha foi a melhor pra nós dois. Você não seria uma criança que iria correr pela casa e me chamar de mamãe. Levar a gravidez até o fim seria te obrigar a sentir dor, interromper a gravidez foi a minha forma de te proteger de sentir o desespero de não conseguir mais respirar, de sentir fome e frio, de chorar até o fôlego esmorecer e seus pulmões pararem de funcionar, porque é isso que acontece com os bebes anencefalos que nascem com vida. Os órgãos vão parando um a um, até o coração parar de bater e os médicos decretarem a morte, já que não podem decretar a morte cerebral.
    Pra algumas pessoas esse processo é importante. Pra algumas pessoas deixar viver e assistir essa luta pela vida é o que dá sentido ao luto delas. Pra mim, te poupar da dor foi mais importante. Preferi sim abreviar sua passagem nesse mundo, mas sabendo que a única pessoa que sentiria dor seria eu, do que te colocar no mundo em busca de um consolo temporário e deixar doer em nós dois.
    Se você tivesse aqui, não estaria aqui. Simples assim. Pensar em você sem anencefalia é pensar em uma pessoa que não seja você.
    Nessa minha jornada na busca de entendimento, consolo e informação sobre a anencefalia eu conheci uma amiga muito querida, mãe de uma criança especial. E ela me ensinou como é importante amar as pessoas agora, do jeito que elas são, com tudo que elas têm, ou até mesmo com o que não tem. Não adianta amar no “quando”, amar no “se”. Te imaginar saudável é negar você como você é. É te amar no “se”, “se você não tivesse anencefalia você estaria aqui correndo pela casa e me deixando de cabelo em pé”, mas você teve anencefalia e por isso a criança que corre pela casa não tem como ser você. E muito menos eu poderia te amar no “quando você melhorar” porque isso não existe e não pode ser uma condição para o amor.
    Eu não sei se o que eu estou falando faz algum sentido, mas pra mim faz todo o sentido do mundo. Eu te amo e sinto saudade do jeito que você é. Do jeito que eu te conheci, dentro da minha barriga, quietinho e com anencefalia mesmo.
    Se eu pudesse ter uma gravidez eterna eu teria, mas não dá. Então te eternizei em uma tatuagem no meu pulso e no meu coração.
    Eu penso em você todos os dias e sinto sua falta. Mas sinto exatamente do jeitinho que você é, do jeitinho que você veio até mim e do jeitinho que você partiu.
    Eu sou feliz assim e espero que você também seja. Eu e seu irmão amamos muito você.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*Para que sua foto apareça aqui é necessário que você tenha uma conta no Gravatar.
*Sem spam e sem xingamentos nos comentários.

Ver mais...

Aime Reis

Aime, ou Klaryan, ou K-Chan. Você escolhe.
30 anos, cidadã do mundo, que viaja sozinha desde os 17.
Formada em Letras (português, japonês e espanhol), quase poliglota, professora, escritora, produtora de conteúdo e designer sempre que pode.
Apaixonada por academia, pelo inverno, por seus cachorros Yuki, Dudu, Jade e Chico, por seu filho Kauã e seu filho Pedro, canecas, Harry Potter, cultura japonesa, tomar açaí na tigela, sorvetes com “cor de veneno“, ler e escrever.

O que você quer ler?

Categorias

.

Me siga por ai...