Youtube: 3 truques que ninguém te conta!
Tecnologia: o lado bom, que ninguém vê
3 lugares para conhecer no estado de SP
estudos-profissoes category image Estudos e profissões
Sucesso aos vinte e poucos anos…
22 de setembro de 2016


O papo da vez é sobre os jovens que atingem um sucesso tão grande aos vinte e poucos anos que se tornam milionários.

Não estou falando daqueles como a Taciele Alcolea, que mal sabia o que estava fazendo quando começou, mas por amor ao que faz acabou indo longe e hoje é referência no mundo youtuber, por continuar sempre com seu bom trabalho.

Me refiro mais aos jovens estilo a polêmica Bel Pesce, o contraditório Mark Zuckerberg e muitos outros que “conquistaram” o Vale do Silício com suas ambições, conseguindo poder e status. (Vamos desconsiderar aqui a polêmica que envolve Bel Pesce, porque meu foco é outro.)

Nunca antes no Brasil se viu tanta pressão para que, aos dezessete anos, você já saia do Ensino Médio focado em seu futuro brilhante. Trabalhar de carteira assinada é quase uma vergonha, você precisa “empreender”, trazer ao novo ao mundo, gastar sua energia e sua juventude trabalhando em algo inovador, algo que prove que você não veio ao mundo “só de passagem”, algo que deixe a sua marca e torne seu nome conhecido (e não necessariamente algo que você ame, embora tentem te convencer que você ama SIM o dinheiro, o sucesso e a fama).

Entrar e sair todo dia de um escritório não é uma opção. Nem mesmo passar em um concurso público, tão sonhado pelos nossos pais, tem chamado mais a atenção dessa nova geração. Não querem ser funcionários atrás de um balcão. Estão dispostos a investir tudo o que não têm para abrir grandes negócios de sucesso (e aí começam a trabalhar na ilegalidade por não terem condições financeiras de abrir uma empresa e arcar com seus encargos, utilizam de crédito fácil, emprestando dinheiro que sequer sabem se terão como pagar, contratam funcionários sem registro – que normalmente são jovens com ambições enormes, mas um pouco mais de juízo para não começarem a se meter em dívidas monstruosas – e dão o nome de “colaboradores”).

Vivemos em um mundo onde ter sucesso é estar afogado em dívidas aos vinte e poucos, para se tornar milionário aos vinte e cinco. E se você não for milionário, querido, você falhou miseravelmente e terá que trabalhar para um…
drake-rich-sucesso

Inclusive, para chegar lá, você pode até pular a faculdade. Quem precisa de ensino formal para empreender? Empreender é um negócio de alma, você só precisa descobrir do que o mercado mais precisa e se tornar o fornecedor. Só é necessário ter UMA ideia brilhante, o ensino formal não te prepara para isso, lá eles discutem ideias brilhantes de outras pessoas, você precisa da SUA ideia brilhante para conseguir chegar ao sucesso. Você não quer discutir os outros em sala de aula, você quer SER discutido em sala de aula.
Freaking-genius-sucesso

Para chegar lá, os jovens se submetem a longas jornadas de trabalho que são extremamente cansativas e mal pagas, altas doses de cafeína, pouco convívio social, sacrificam relacionamentos amoroso, familiares e até mesmo os amigos são deixados de lado quando não compactuam com esse estilo de vida. Fazem do trabalho suas vidas, produzindo conteúdo sobre coisas que eles acham que entendem, a fim de se tornarem conhecidos no meio em que querem entrar.

Já notaram como esses livros escritos por jovens de sucesso são sempre “mais do mesmo”? Eles dizem inovar, mas na verdade só reproduzem com outras palavras o mesmo discurso otimista de corra atrás de seus sonhos, para encobrir o lado negro da caga horária extensiva, das dívidas, dos sacrifícios que fazem contra si mesmos e da falta de conhecimento teórico sobre o que estão fazendo. Tudo segue um padrão: eu li O Segredo, fui iluminado por uma verdade irrefutável, corri atrás dos meus sonhos, vi oportunidades onde todos viam dificuldades, vi desafios onde todos viam riscos, me sacrifiquei e hoje estou aqui, ensinando vocês a serem como eu.

Mas eu não estou falando aqui para você seguir ou não essa vida, eu só estou tentando dizer que…

A felicidade e o sucesso significam coisas diferentes para pessoas diferentes.

Tá tudo bem se você quiser trilhar esse caminho, mas saiba que ele pode não te levar até onde você pretende chegar. E pode te afastar de pessoas que você ama, pode te frustar e você precisa ser avisado sobre isso antes de se jogar de cabeça. Não é uma vergonha você não ter casa, carro e uma conta gorda no banco aos vinte e cinco anos de idade, vergonha é você fingir que tem tudo isso e passar a perna em outras pessoas para tentar chegar lá. Por isso tenha calma, não queira ser o Mark Zuckerberg, a história dele não é bonita, é uma história de um garoto ambicioso que não sabia quando parar e passava por cima das pessoas e até dos amigos para conseguir o que queria.

E você não precisa ser um expert em tudo, não precisa de trinta diplomas igual a Bel Pesce, você pode ter só um, pode querer ser um jovem prodígio no Vale do Silício, um empresário, um professor, dentista ou veterinário, tanto faz, desde que isso te faça feliz de verdade.

Você pode ser feliz com uma mansão ou com um apartamento. Você pode ser feliz viajando ou comprando roupas, o importante é não viver de aparências, não se desesperar com cobranças de uma sociedade que mal sabe o que tá fazendo. Você não precisa ter tudo ao mesmo tempo. E você pode ser feliz também sem nada, caso queira.

É muito mais sucesso fechar o mês com todas as contas pagas, do que sendo citado pela Forbes enquanto cortam sua água por falta de pagamento – e eu conheço muita gente assim!
É muito mais legal estar na festinha de aniversário do sobrinho, com 300 reais na sua conta para passar o mês, do que estar em um coquetel de lançamento da Apple, pensando em como vai fazer para quitar a dívida do cheque especial.

Você não precisa de sucesso aos vinte e cinco anos se for um sucesso de aparência. Você tem a vida inteira para correr atrás dos milhões e existem vários caminhos para se chegar até eles. Alguns demoram mais, mas evitam muitos sustos e funcionários te processando por falta de pagamento.

Share

Post por: K-Chan Nhayök




Nenhum comentário em “Sucesso aos vinte e poucos anos…”


Comentar






*Para que sua foto apareça aqui é necessário que você tenha uma conta no Gravatar.
*Sem spam e sem xingamentos nos comentários.