Desafio #MUDE – Agosto

ug

O desafio #MUDE é uma tentativa minha de mudar alguns hábitos e melhorar a qualidade de vida de forma REALMENTE saudável e leve, sem aquela nóia que a gente tem visto nos blogs sobre emagrecimento, comer bem, academia, bla bla bla… Vida saudável e com qualidade é uma coisa ótima, mas um corpo magro e muita fruta no prato não é sinônimo disso! Uma vida feliz é uma vida que te faz sorrir, não te deixa doente facilmente, tem uma rotina na qual você acorda e dorme bem, tem tempo pra cuidar de si e dos seus compromissos e ainda te deixa comer um chocolate durante a tpm ou tomar coca cola com os amigos sem culpa!

Esse desafio não é só pra mim, quero que vocês participem junto comigo se possível! Tenho certeza que só vai trazer coisas boas, vai durar o ano todo, mas pode ser feito todos os anos e você pode começar no mês que quiser, pode ser de aniversário a aniversário, do que for, o importante é seguir cada mês o que é pra ser feito, porque o clima, as férias, as datas comemorativas, tudo vai interferir nas “tarefinhas” a serem realizadas mensalmente…

Pra quem não sabe, agosto é um mês emblemático pra mim, até demais… E eu sei que tem muuuuita gente por aí que não gosta de agosto… Caio Fernando Abreu que o dia… Então as tarefas desse mês são bem mais intensas! Preparados?

  1. Faça algo radical. Sim! Nem que seja atravessar aquele parque, entrar naquele rio, andar de kart, praticar um esporte radical (rapel na academia, por que não?), ou subir naquele brinquedo do parque de diversões, faça algo que acelere um pouquinho seu coração (mas que esteja dentro da lei e que seja feito em segurança viu! hahaha)

  2. Se não tiver animal de estimação ou plantas: arrume um! Pode ser um peixe, uma tartaruga, um hamster, uma flor, qualquer um, mas arranje um que você saiba que vai dar conta. Tenho certeza que ele vai te trazer muita alegria! Mas lembre-se de ser responsável, se não tiver tempo, uma planta já ajuda muito a ter alguma coisa importante pra cuidar todos os dias! Se tiver, dedique um dia inteiro pra ele, qualé, ele mais que merece! Leve seu bichinho pra passear, tomar sol, compre um aquário maior, troque a planta de vaso, de lugar…

  3. Troque sua playlist! Sim, falei que ia ser intenso! Delete todas as músicas do seu passado e procure conhecer coisas e bandas novas, pelo menos por esse mês, se tiver dó de deletar, faça um backup pra depois, mas dedique agosto a ouvir coisas novas! (Você pode usar o SuperPlayer pra conhecer coisa nova de acordo com seu gosto 😀 E isso não é propaganda paga, eu juro! hahaha)

  4. Assista um filme de terror, a noite. E depois, se der muito medo, assista o making off do filme… Garanto que o medo vai passar! Superar medos faz parte da mudança!

Keep moving babe! 😉

Share
Post por:

7 respostas

  1. Realmente, mudar faz bem, ainda mais pra nossa mente, estagnada de sempre fazer as mesmas coisas! Estou com muitos projetos pessoais e isso me impede de sair da rotina 🙁 Mas estou louca pra poder mudar isso!
    Beijos!

  2. Apoio total ao desafio! Do que você citou, já faço quase tudo… exceto filmes de terror!
    Bem, eu vou tentar! superar medos faz parte da vida né?
    Um abraço!

  3. kkk essa da playlist e bem bacaninha hehehe, eu pretendo fazer issio amanhã! hahaha.
    E eu ja fiz isso em maio e quase q não deu certo, quase foi por agua a baixo! haha.
    Kissus!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*Para que sua foto apareça aqui é necessário que você tenha uma conta no Gravatar.
*Sem spam e sem xingamentos nos comentários.

Ver mais...

Tchau 2016!

2016 não foi um ano fácil, tirando o ano da minha gravidez me arrisco a dizer que 2016 foi o segundo pior ano da minha

Share
Read More »

A saga da minha tatuagem

Ano passado tomei coragem e fiz minha primeira tatuagem – e única, porque olha, doeu demais hahaha -. O Júnior pegou um trabalho de pintura

Share
Read More »

Aime Reis

Aime, ou Klaryan, ou K-Chan. Você escolhe.
30 anos, cidadã do mundo, que viaja sozinha desde os 17.
Formada em Letras (português, japonês e espanhol), quase poliglota, professora, escritora, produtora de conteúdo e designer sempre que pode.
Apaixonada por academia, pelo inverno, por seus cachorros Yuki, Dudu, Jade e Chico, por seu filho Kauã e seu filho Pedro, canecas, Harry Potter, cultura japonesa, tomar açaí na tigela, sorvetes com “cor de veneno“, ler e escrever.

O que você quer ler?

Categorias

.

Me siga por ai...