Day 14 – Um livro de não-ficção

O post de hoje faz parte de uma série de posts chamada: Projeto 30 Days, trarei um post novo todos os dias, durante 30 dias!

 

Dê uma olhada nos meus posts anteriores também e sinta-se a vontade para comentar naquele que mais te agradar!!! Eu retribuo todos os comentários!

 

Para ler todos os posts do Projeto, clique aqui.

 

 

anne+frankAinda no clima de literatura sobre a segunda guerra mundial, trouxe aqui nesse post o livro O Diário de Anne Frank, mundialmente conhecido é o diário de uma adolescente que passou um tempo escondida com seus pais, judeus, do ataque nazista e, enquanto isso, escrevia em um diário que mais tarde foi publicado por seu pai.

 

Infelizmente Anne não tem o mesmo final feliz que Liesel, mas o livro é fascinante e nos mostra como o ser-humano, mesmo numa situação tão precária e conturbada, não deixa de ser um ser humano: amar, brigar, sentir…

 

Alguns dizem que o pai dela não devia ter publicado o diário, mas eu acho que sem ele perderíamos uma parte importantíssima da guerra, a voz do oprimido, mas não daqueles que sobreviveram e contaram sua história depois, mas a voz deles durante a guerra, voz que não foi ouvida por ninguém e não está em nenhum livro ou filme.

 

Para ser franca, não consigo imaginar como alguém poderia dizer “Eu sou fraco” e continuar assim. Se você sabe isso ao seu respeito, por que não luta contra, por que não desenvolve o caráter?

 

Eu já li esse livro faz muito tempo e confesso que tive que pesquisar algumas coisas pra postar pra vocês, mas isso foi bom porque eu descobri que tem a adaptação dele pra cinema completinho no youtube pra quem quiser assistir!

 

 

O link é esse.

Share
Post por:

3 respostas

  1. Bacana esse projeto! Não me arriscaria a fazer porque já tô com um em andamento (365) e tenho outro pra começar mês que vem.
    Acho que já ouvi falar desse livro mas não é meu estilo.
    ;*

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*Para que sua foto apareça aqui é necessário que você tenha uma conta no Gravatar.
*Sem spam e sem xingamentos nos comentários.

Ver mais...

Aime Reis

Aime, ou Klaryan, ou K-Chan. Você escolhe.
30 anos, cidadã do mundo, que viaja sozinha desde os 17.
Formada em Letras (português, japonês e espanhol), quase poliglota, professora, escritora, produtora de conteúdo e designer sempre que pode.
Apaixonada por academia, pelo inverno, por seus cachorros Yuki, Dudu, Jade e Chico, por seu filho Kauã e seu filho Pedro, canecas, Harry Potter, cultura japonesa, tomar açaí na tigela, sorvetes com “cor de veneno“, ler e escrever.

O que você quer ler?

Categorias

.

Me siga por ai...